O OpenBSD está desabilitando o SMT (Simultanious Multi Threading) em instalações padrão, item nos processadores mais conhecido pelo nome comercial da Intel, o HT (Hyper Threading).

Tal solução foi proposta para mitigar futuros ataques similares ao Spectre, já que todas as implementações SMT compartilham a TLB e caches L1 entre as threads. Note que apesar de estar desabilitado nas próximas versões do SO a funcionalidade pode ser trazida ao ar novamente apenas manipulando o parâmetro de kernel hw.smt com o utilitário sysctl.

O impacto de peformance não deverá ser grande, já que isto depende do quão integrada a aplicação é com tecnologias SMT e o load efetivo do equipamento.

Até agora apenas a arquitetura arm64 em processadores Intel será afetada com esta alteração, mas o time do OpenBSD pretende estender esta proteção para outras arquiteturas e fabricantes de hardware.

Fonte: Phoronix

Commit: CVS: cvs.openbsd.org: src