Em nota publicada por ambas as empresas (veja aqui e aqui), a IBM confirmou que irá adquirir a gigante de software open source, pagando 190 dólares norte-americanos por ação, em dinheiro, totalizando uma transação de mais de 34 bilhões de dólares. O acordo já teria sido aprovado pelo quadro de diretores de ambas as empresas, mas ainda deve passar pelos acionistas da Red Hat e pelas entidades regulatórias, devendo estar concluído em meados do ano que vem.

“A aquisição da Red Hat é uma mudança de jogo. Isso muda tudo sobre o mercado de nuvem ”, disse Ginni Rometty, Presidente e CEO da IBM. “A IBM se tornará a fornecedora de nuvem híbrida nº 1 do mundo, oferecendo às empresas a única solução de nuvem aberta que irá liberar todo o valor da nuvem para seus negócios, diz a empresa em seu comunicado.

As empresas combinadas poderão oferecer software em serviços que abrangem Linux, containers, Kubernetes, gerenciamento de várias nuvens e gerenciamento e automação de nuvem. Embora empresas como a Amazon tenham ido com tudo na nuvem, em muitos casos, muitas empresas estão fazendo a mudança gradualmente e a compra da Red Hat ajudará a IBM a aproveitar melhor a oportunidade de lidar com esse cenário.

Mais informações: Tech Crunch.

 

Que dia, meus amigos! Que dia!