Os navegadores Firefox, Chrome, Edge, Internet Explorer e Safari estão todos removendo o suporte às versões antigas do protocolo de segurança online TLS. Enquanto poucas pessoas ou máquinas estão usando as há muito tempo inseguras versões 1.0 e 1.1 do protocolo, elas ainda são permitidas em muitas conexões, mas não por muito tempo.

O Transport Layer Security é um padrão desenvolvido pela comunidade cuja versão 1.0 foi lançada há quase 20 anos e sua atualização mais próxima, versão 1.1, possui falhas conhecidas que a tornam inseguras para uso em qualquer comunicação que requeira segurança.

MozillaGoogleMicrosoft, e WebKit fizeram anúncios separados, mas parecidos, em seus blogs, dizendo essencialmente que as versões antigas serão descontinuadas no começo de 2.020. A princípio, os usuários não precisarão fazer coisa alguma em decorrência da mudança. A Mozilla, inclusive, compartilhou um gráfico que mostra que, atualmente, a quantidade de conexões que utiliza o padrão antigo é mínima.

Apesar disso, o longo tempo de espera para a mudança se deve devido à possibilidade de que haja alguns sistemas críticos (por exemplo: uma estrutura legada de uma prefeitura municipal) que deixará de funcionar devido à mudança.

Fonte: TechCrunch.