Acontecerá a quarta edição do BSDDay, que contará com presença de grandes nomes da comunidade BSD e palestras com os temas:

  • Montando um RAID ZFS externo para backups;
  • ZFS e FreeNAS em ambientes corporativos;
  • Arduíno;
  • Gerenciando configurações de servidores com Ansible;
  • Desenvolvendo projetos de Software Livre nas aulas de computação;
  • Router performático com FreeBSD;
  • Como organizar um evento somente com Software Livre;
  • Segurança com FreeBSD

Oficinas:

  • Maquiagem com Gimp;
  • Aprendendo a imprimir 3D

Segue anuncio no site:

Participe do quarto BSDDay Seropédica, um evento 100% gratuito que tem como missão difundir a cultura do software livre e opensource, seus usos e problemas. Traz como visão, emancipar a cultura do software livre no ambiente de trabalho, tornando-o mais fácil e menos dispendioso. Esperamos todos vocês dia 26 e maio às 08:00 no Auditório do Pavilhão de Aulas Teóricas (PAT) da UFRRJ.

Inscrições: http://www.bsdday.com.br/2018/site/index.html

Add a comment

Desde Outubro de 2006 o Tchelinux realizou 80 eventos em 20 cidades com o auxílio de milhares de voluntários, que ajudaram na organização e apresentando 1203 palestras assistidas por 9656 pessoas que doaram 15761 kg de alimentos para 36 instituições de caridade. É um grupo bastante forte de troca de conhecimento no Rio Grande do Sul.

Add a comment

Saiu em 01/05/2018 a versão 5.0 do plugin multimídia para o Emacs, "aquele Sistema Operacional que ainda não possui um editor de texto decente".

Conhecido por já possuir um gerenciador de janelas, navegador web(eww), gerenciador de arquivos e até cliente IRC, esta versão do Emms agrega ao Emacs controles de multimídia, dando conforto ao usuário que deseja controlar suas músicas pelo Emacs através de acordes Control+Alt+Meta+Shift(e adquirir STC no processo) ao invés de usar as funções de controle de música já existentes nos teclados atuais.

Alguns dos aprimoramentos trazidos com a versão 5.0 do Emms são a correção de um grande número de bugs, suporte ao back-end MPV, melhorias na velocidade de processamento de informações, suporte a exibição de atributos de arquivos de áudio Opus, cache dinâmico de miniaturas de capas e diversas outras melhorias.

Aqueles que desejam baixar o Emms e ler o changelog completo, podem acessar o site do projeto GNU.

Fonte: Phoronix

Add a comment

Phoronix[1] noticiou que um dos principais desenvolvedores do LLVM —Rafael Espíndola, é o quinto mais ativo na comunidade— deixa o projeto, em atrito com o CoC. Ele coloca luzes em questões de falsas igualdades que o código propõe a resolver e que e não traz equidade para a comunidade.

A comunidade open-source sofre uma forte atrito, com a onda conservadora mundial. Devido muitos anos com liderada por simpatizantes da esquerda —lembrando que o nosso movimento não é de caráter politico.

[1] https://www.phoronix.com/scan.php?page=news_item&px=LLVM-Rafael-Espindola

Add a comment

Cerca de 185 mil roteadores da fabricante TP-Link possuem vulnerabilidades para execução de códigos de maneira remota, relatou o pesquisador de segurança digital Tim Carrington. Segundo ele, a falha afeta a linha TL-WR740N, e é basicamente a mesma que já havia sido encontrada na série TL-WR940N.

O problema é que ambos os dispositivos utilizam códigos-fonte que são, no mínimo, bastante similares. Isso, segundo Carrington, "é um gigantesco problema na indústria de Internet das Coisas".

No caso do WR940N, a TP-Link foi rápida e logo resolveu a falha, com um update que chegou em menos de uma semana. Porém, os roteadores WR740N são mais antigos, e não recebem atualizações há anos.

Fonte: https://adrenaline.uol.com.br/2018/04/30/55034/vulnerabilidade-afeta-mais-de-185-mil-roteadores-da-tp-link/

 

Add a comment

Uma rede IM, federada e distribuída —estilo e-mail e entre outros do gênero, ou seja, cada um pode ter o seu servidor e cliente—. Faz pontes para o discord, telegram, slack e IRC! Também tem integração para github, rss e e-mail. Aceita webhooks, Tudo isso usando webservice restful com JSON e webRTC —com VoIP e videochamadas— em HTTPS. Seu propósito é integrar o mais variados mensageiros.

Seu funcionamento é identico ao IRC, no melhor estilo de salas, e tudo isso open-source. Seu cliente mais popular é o Riot[1]. Faça seu cadastro e entre para a Matrix, na sala #linuxlivre:matrix.org !

[1] https://riot.im

Add a comment

 O Ministério Público Federal entrou contra um processo contra a Microsoft, alegando que o Windows 10 coleta informações pessoais de seus usuários sem a devida autorização.

Os promotores afirmam que o padrão atual de instalação e atualização do sistema operacional permite que a empresa colete informações sobre como conteúdo de emails, geolocalização, hábitos de navegação e histórico de buscas, violando assim diversos princípios constitucionais, segundo o MPF. Entre eles, a proteção da intimidade.

No entendimento dos procuradores, a Microsoft estaria desrespeitando o Marco Civil da Internet e o Código de Defesa dos Consumidores, que prevê a necessidade de uma comunicação clara sobre os riscos apresentados no uso do serviço. O MPF ainda acionou a União, acusando-a de omissão na defesa dos consumidores.

Na ação, consta um pedido do MPF para que a Microsoft adeque o sistema operacional em, no máximo, 15 dias, solicitando uma atualização imediata do Windows 10, correndo o risco de ter que arcar com uma multa diária de ao menos R$ 100 mil em caso de descumprimento.

Fonte.

Add a comment

O site The Register[1] noticiou que a série 5.x está a caminho e a série 4.x terá um fim em breve, em especial na versão 4.17 que se encerra nesta versão.

Segundo Torvalds alega que já se passaram seis milhões de alterações e que por isso cogita ter a mudança da “major version” e é um recorde em comparação a série 2.x e 3.x —o triplo de alterações—. Segue anuncio e lista de changelog[2] completa.

[1] https://www.theregister.co.uk/2018/04/16/linux_kernel_5_0/

[2] http://lkml.iu.edu/hypermail/linux/kernel/1804.1/06654.html

Add a comment

O Berkeley Packet Filter, mais conhecido apenas como Packet Filter —ou ainda PF— desembarca para o kernel Linux. É um esforço de grandes players como Google, Netflix de trazer desempenho ao mundo GNU/Linux, houve rebuliço na comunidade diante da novidade.

Depois de aproximadamente três décadas, esta é a terceira modificação no firewall do Kernel Linux —vindo primeiramente com ipchains e o atual ipfilter (e seus frontends Iptables e Netfilter).

Uma postagem com uma apresentação sobre o tema que pode ser conferido na postagem do blog Cilium[1] e na postagem na Linux.com[2]

[1] https://cilium.io/blog/2018/04/17/why-is-the-kernel-community-replacing-iptables/

[2] https://www.linux.com/news/why-kernel-community-replacing-iptables-bpf

Add a comment

6 anos após o lançamento da versão 2.8, surge a 2.10 do editor de imagens livre GIMP.

Apesar da transição para a GTK3 não ter ocorrido, diversas novas e interessantes funcionalidades foram implementadas, sendo nosso o destaque abaixo:

  • Utilização da biblioteca GEGL para quase todas as operações com imagens, e melhorias no multi-threading;
  • Gerenciamento de cores é agora uma funcionalidade nativa do GIMP e não mais um plugin;
  • Melhorias pulverizadas em diversas ferramentas internas do GIMP;
  • Pré-visualização de filtros executada pela GEGL;
  • Melhorias relacionadas a pintura digital, ferramentas de seleção e telas HiDPI;
  • Temas aprimorados e com melhor suporte a HiDPI;
  • Melhorias diversas no tratamento de fotografias digitais incluindo suporte a fotos com panorâmicas. Esta funcionalidade até permite o uso do darktable dou RawTherapee como plugins do GIMP;
  • Mais de 80 filtros baseados no GEGL;
  • Suporte a novos formatos de arquivos, formatos já conhecidos com mais bits por canal, abertura de PDF com senha e outros;

Confira todos os detalhes no site do Gimp.

Add a comment